Notícias

Notícias

15 JUL 2019

Mercosul vai eliminar a cobrança do roaming internacional.

(Atualizada às 17h33) Os presidentes do Brasil, da Argentina, do Paraguai e do Uruguai vão anunciar, nesta quarta-feira (17), o fim da cobrança do serviço de roaming internacional para os países que compõem o bloco. A informação foi publicada ontem pelo jornal argentino "La Nación" e confirmada nesta segunda (15) pela líder do governo no Congresso, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP). 

"Boa notícia: o fim do roaming para o brasileiro que viajar para qualquer um dos países do Mercosul", escreveu a parlamentar, em seu perfil do Twitter. De acordo com a deputada, o anúncio será feito pelos presidentes dos quatro países durante a 54ª Cúpula do Mercosul, que ocorre na cidade de Santa Fé, na Argentina.

A decisão terá efeito no curto prazo e a expectativa é baratear o custo do serviço para viajantes entre um país e outro. Os usuários de celular, tanto pré-pagos como de planos, poderão usar serviços de voz e de dados sem pagar as pesadas taxas associadas à utilização do telefone no exterior. Medida semelhante foi aplicada recentemente na União Europeia.

Não foram divulgados, ainda, detalhes sobre o cronograma de implantação (a tendência era aplicar o fim da cobrança de forma praticamente imediata) e estimativas de redução de custos, mas a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) já confirmou oficialmente que os quatro presidentes farão o anúncio nesta quarta.

No ano passado, o Brasil fechou com o Chile um primeiro acordo sobre esse tema.

Segundo a reportagem do diário argentino, a proposta ainda deve ser aprovada pelo parlamento de cada país. Caso seja aprovada, os brasileiros poderão usar seus telefones nos três países vizinhos sem pagar taxas adicionais. A avaliação da proposta foi feita juntamente com empresas de telecomunicação, segundo o "La Nación".